pedro marangoni (author)


Pedro marangoni

Nota: serão aceitas ofertas apenas de tradutores nativos na língua de destino, buscando uma profundidade de versão que só um nativo, mergulhado desde o nascimento em uma cultura própria, com seus vícios e virtudes, poderá atingir. Pedro Marangoni ([email protected] ) nasceu no Brasil em 1949. Após viver os conturbados anos setenta em África, experiência usada para escrever o best-seller “Angola, comandos especiais contra cubanos” publicado em Portugal e “A opção pela espada”, com duas edições esgotadas, voltou ao Brasil tendo trabalhado por cerca de duas décadas como piloto de helicópteros, acumulando mais de 9.000 horas de voo, a maior parte delas sobre a Amazônia. Uma das missões sobre a selva em particular deu origem à obra “Quimeras Incas”, também em versão espanhola com o mesmo título. Publicou filosofia, “O infinito não tem pressa”e "Angústias de um peixe-voador" com versão italiana "Angustie di um pesce volante"; poesia de crítica social, “A Era do Não”; conto, “Maria da Silva, apenas um retrato do cotidiano” já traduzido em espanhol, italiano, inglês e alemão; variedades, “A culinária caseira no Brasil nos idos de 1900”; literatura infantil com “O Rei Gordo Barrigudo” e “O Alfabeto: Joaninha explica” e enveredou-se pela paranoia, a marca de nosso tempo com "A conspiração de Santo Antonio do Desamparo". O conto "As brumas não são eternas", sobre a viuvez, maus tratos a idosos e um amor octogenário é a última obra, com a versão em espanhol,"Las brumas no son eternas". Vencedor do 9º concurso Livro de Graça na Praça/ Academia Mineira de Letras em 2015. Nota: serão aceitas ofertas apenas de tradutores nativos na língua de destino, buscando uma profundidade de versão que só um nativo, mergulhado desde o nascimento em uma cultura própria, com seus vícios e virtudes, poderá atingir. Se o texto exemplo (sample text) for insuficiente para sua tomada de decisão, solicite a cópia completa através do e-mail acima informado.



User links: Website Amazon

Books:

TitleInfo
Paranoia, psiquiatria, Sociedade, Uma porta para o interior de um cérebro doente
Poesia de crítica social, ateísmo, ceticismo
Guerra colonial portuguesa, Angola, Moçambique, Rhodesia, Legião Estrangeira
Filosofia, sociedade, a contestação do ser social
Um amor octogenário; a viuvez, os maus tratos e o romance na terceira idade
Um conto de fadas para pais e filhos
A curta vida de uma catadora de lixo, excluída e violentada pela Sociedade.
Contrapor racional às farsas da sociedade, política, religião.
Uma viagem ao Inferno num texto curto mas com infinitas entrelinhas...
Um conto de fadas, ilustrado, com vegetais como personagens.
Pirâmides na Amazônia? Costumes, sobrevivência na selva, Amazonas,ficção


Return